Viva São João
Viva o milho verde
Viva São João
Viva o brilho verde
Viva São João
Das matas de Oxóssi
Viva São João


Gil e Caetano
Próximos eventos

  Viva São João

São João Carioca

Roda Besteirológica especial de São João

PB: oficina de sanfona chama a atenção dos forrozeiros

Festa julina em Volta Redonda atrai milhares de pessoas

Conselho Universitário da Universidade Estadual da Paraíba institui “Medalha Luiz Gonzaga”

Sony reedita Luiz Gonzaga em CD e digital

Programa Gente Nossa inova e faz sucesso na cobertura do São João 2012 em Campina Grande

Secretaria de Estado de Cultura abre dois editais de Cultura Popular

‘Menor São João do Mundo’, na PB, arrecada água para vítimas da seca

Cerca de 20 mil se despedem dos festejos juninos em Estância, SE

Chega ao fim em Campina Grande o 'Maior São João do Mundo'

Primeiro Festival Mundial de Forró na Feira de São Cristóvão

O Maior São João do Cerrado traz o melhor da cultura popular brasileira

São João Carioca

Tem choro no forró

FIG terá noite dedicada ao centenário de Luiz Gonzaga

DVD

São João Carioca

Em Caruaru, Margareth Menezes homenageia Luiz Gonzaga e Azulão

Gaby Amarantos, Latino e DJ João Brasil comandam festa em Parintins

Estado baiano recebeu mais de 90 mil turistas em quatro dias de festa

Centro de Educação Infantil faz festa junina usando recicláveis

Secretaria da Cultura promove Festa Junina Solidária em Bauru, SP

ABC de Gonzagão

Que venha o São João

Fogueirinha vence e representa a capital no torneio de quadrilhas da PB

Bombeiros dão dicas para evitar acidentes com fogueira e fogos

Dance forró com ele

Conversa Brasileira especial de São João

Baião

Luiz Gonzaga é homenageado com eventos em Diadema

Caruaru: Targino Gondim abre noite de homenagem a Gonzagão

CORREIO distribui CDs do forrozeiro Targino Gondim nesta terça-feira (19)

Dia 13 de junho, dia de Santo Antônio

Roda viva

São João Carioca: segundo dia

Atingidas por secas, festas de São João do Nordeste homenageiam Luiz Gonzaga

1º Arraia da Cidade Verde

Em traje caipira, Ivete canta com Preta Gil no São João Carioca

Ivete Sangalo e Preta Gil cantam juntas no Rio de Janeiro

Arraial da Maria Aragão atrai turistas de todo o Brasil

Salvador é opção para quem quer curtir festas do Nordeste sem precisar ir ao interior

Ivete Sangalo e Preta Gil animam o São João Carioca

O sucesso do São João Carioca: primeiro dia

Ivete Sangalo e Preta Gil agitam convidados durante o São João Carioca

Rio: Zeca Pagodinho recebe Jorge Ben Jor e Elba Ramalho em festa

São João na Quinta

Nem chuva afasta público do São João Carioca, na Quinta de Boa Vista

São João pra lá de arretado

Arraial superestrelado

Já é tempo de festa junina para os cariocas

Zeca Pagodinho e Ivete Sangalo se apresentam de graça no Rio de Janeiro

Zeca Pagodinho e Ivete Sangalo comandam o São João Carioca

Festa Junina no Minhocão

Estrelas celebam São João

Ivete de graça deve atrair 100 mil

São João Carioca 2012

Baladas juninas pop têm "quadrilha clubber" e barraca do beijo

Restaurantes incorporam quitutes juninos

Em Parintins

Quentão

Atingidas pela seca, festas de São João do Nordeste homenageiam Luiz Gonzaga

Agenda de festas juninas no Rio

Em São Cristovão, Ivete Sangalo e Zeca Pagodinho agitam São João Carioca

Caruaru promete realizar um São João pra não se esquecer

Contação de Histórias para as crianças no São João Carioca - Vera Ribeiro contará lendas dos Índios Fulni-ô

Pinhão não é só comida típica de festa junina

Festa Junina de São Pedro da Serra

Concurso "Levanta Poeira 2012" é aberto em Salgado, SE

Roupas xadrez invadem as vitrines das lojas do centro

São João do Rio

Santo Antônio de Jesus se prepara para realizar o melhor São João do País

Festas juninas invadem Brasília com ritmos que vão do caipira ao rock

ROCK JUNINO

Tá bom demais

Festa junina no Rio

Notícias 2011
Notícias 2010
 

As Comemorações Juninas no Brasil: As relações sociais e o compadrio

Outro fato que ajuda a compreender a importância desses festejos está relacionado com a forma de sociabilidade que foi característica da sociedade brasileira. Desde o período colonial até meados do século XX, a maioria da população de todas as regiões do Brasil vivia no campo (até 1950, 70% da população brasileira vivia na zona rural; hoje, mais de 70% vive nas cidades). Fossem colonos e agregados das fazendas agrícolas ou vaqueiros em grandes fazendas de gado, fossem pescadores nas regiões litorâneas ou seringueiros na Amazônia, fossem sitiantes por esse Brasil afora, os brasileiros viviam integrados em grupos familiares, entendendo-se como família o conjunto de pais e filhos, tios e primos, avós e sogros.

As relações familiares eram complementadas pela instituição do compadrio, que servia para integrar outras pessoas à família, estreitando assim os laços entre vizinhos e entre patrões e empregados. Até mesmo os escravos podiam ser apadrinhados pelos senhores de terra.

Havia duas formas principais de tornar-se compadre e comadre, padrinho e madrinha: uma era, e ainda é, pelo batismo; a outra, por meio da fogueira. Nas festas de São João, os homens, principalmente, formavam duplas de compadres de fogueira: ficavam um de cada lado da fogueira e deveriam pular as brasas dando-se as mãos em sentido cruzado. Era comum recitarem versos como estes:

São João dormiu,
São Pedro acordô,
vamo sê cumpadre
que São João mandô.
(Nordeste sertanejo.)

Ou:
São João disse,
São Pedro confirmou,
que nosso Senhor Jesus Cristo mandou
a gente ser compadre
nesta vida e na outra também.
(Amazônia cabocla.)

Os laços de compadrio eram muito importantes, pois os padrinhos podiam substituir os pais na ausência ou na morte destes, os compadres integravam grupos de cooperação no trabalho agrícola e os afilhados eram devedores de obrigações aos padrinhos. A instituição beneficiava os patrões, que tinham um séquito de compadres e afilhados leais tanto nas relações de trabalho como nas campanhas políticas, quando se beneficiavam do voto de cabresto.

O compadrio ainda vigora em muitas localidades, mas o processo de urbanização que hoje atinge todas as regiões do país enfraquece essa instituição e promove diversas mudanças nas formas de sociabilidade. Atualmente, os favores (doações, pagamentos, promessas) têm sido mais importantes nas eleições do que a lealdade advinda dos laços de compadrio.
in http://festajunina.com.br, 16.07.2012

 

Busca
Deixe seu e-mail para receber notícias